Benefícios do cloreto de magnésio PA no tratamento de acne

No presente texto, falaremos dos benefícios do cloreto de magnésio no tratamento de acne e de outros problemas de pele bastante comuns e incômodos.

A acne é um problema que atinge muitas pessoas. Embora não se restrinja a uma faixa de idade, ela é especialmente frequente em adolescentes, de ambos os sexos, que estão passando por uma fase de intensas mudanças hormonais.

Benefícios do cloreto de magnésio PA no tratamento de acne

Embora não represente risco à vida do indivíduo, é um problema que pode causar constrangimento e até mesmo levar à baixa autoestima, especialmente nos casos em que ela se manifesta mais intensamente.

Por tudo que se expôs acima, vê-se que não é à toa que as pessoas que sofrem com esse problema de saúde costumam buscar remédios ou tratamentos que as ajudem a superá-lo.

Esses recursos, tratamentos e remédios, têm resultados variáveis conforme o caso. O tratamento de que vamos falar é natural e barato (embora, como veremos a seguir, haja algumas contraindicações a manter em mente).

Benefícios do cloreto de magnésio no tratamento de acne, o que é acne?

É um tipo de problema de pele, que, conforme pudemos ver acima, acomete muitos indivíduos, sendo, por razões hormonais, especialmente frequente entre os adolescentes. Esse problema dermatológico ocorre quando a pessoa tem seus folículos pilosos bloqueados pelo óleo da pele ou por células mortas.

Os folículos pilosos são as estruturas da pele que regulam a formação de pelos (daí, o nome piloso, que significa “dotado de pelo”). Trata-se a acne de uma condição que pode durar muito tempo, tem, em boa parte dos casos, origens genéticas e se manifesta na forma de pele oleosa, pústulas, pontos brancos e/ou pontos pretos na pele.

Aparece principalmente nas regiões do corpo com mais glândulas sebáceas, produtoras de uma substância oleosa que impermeabiliza o corpo dos mamíferos. Como deixamos claro, acima, há casos mais leves e casos mais severos desse problema de saúde dermatológica.

O que é o Cloreto de magnésio PA

O magnésio é um mineral essencial ao bom funcionamento de nosso organismo (como o ferro, por exemplo). Entre as fontes mais abundantes desse mineral estão a couve, o espinafre, as sementes de abóbora e a castanha-do-Pará.

Desequilíbrios na concentração desse mineral podem provocar espasmos musculares e foram associados por estudos científicos a problemas cardiovasculares e à osteoporose.

O cloreto de magnésio é um sal desse elemento químico. O que se recomenda para uso medicamentoso é o cloreto de magnésio PA (ou seja, para análise, aquele que é usado na análise de reagentes). É fácil de achar em farmácias de manipulação ou em lojas que vendem produtos quimícos para universidades.

Um dos grandes defensores do uso medicamentoso desse sal foi o médico francês Pierre Delbet, que escreveu um livro influente sobre o assunto e defendeu o recurso à substância no tratamento de diversas moléstias.

No presente texto, vamos nos concentrar no uso do produto para tratar de problemas de pele e devolver tanto quanto possível a beleza e a saúde à pele humana danificada ou preservar a pele sadia.

Trata-se de uma substância com fortes propriedades anti-inflamatórias e que ajuda a limpar a pele do indivíduo quando aplicada nela ou a regular sua aparência, entre outras coisas, quando ingerida oralmente. Tanto na aplicação na pele como no uso oral, o cloreto de magnésio é usado em solução aquosa.

Devido ao importante papel do magnésio na regulação do funcionamento dos organismos humanos, muitos recomendam vivamente seu consumo oral para complementar o magnésio obtido de fontes naturais na alimentação até porque ele não costuma ser muito abundante mesmo nos alimentos em que se apresenta.

Entre os problemas de pele a que o produto pode ser aplicado, podemos mencionar a acne, feridas externas, alergias, rugas e queimaduras causadas pela radiação do sol.

Como já mencionamos, o produto possui efeito anti-inflamatório e limpa a pele, o que significa que elimina também as obstruções dos folículos pilosos responsáveis pela acne.

Como o cloreto de magnésio estimula o funcionamento do sistema imunológico, que combate os micro-organismos invasores, sua aplicação a feridas externas ajuda a prevenir infecções. Devido ao efeito inflamatório e limpante, o produto ajuda a lidar com alergias de pele frequentes, causadas pela reação do organismo a impurezas.

A aplicação do cloreto de magnésio à pele pode atenuar rugas e linhas de expressão causadas pelo passar do tempo e intensificadas por fatores como o stress e a exposição ao sol.

Queimaduras provocadas pelos raios solares também podem ser tratadas com o cloreto de magnésio, que ajuda a regenerar as regiões atingidas.

Como os danos provocados pelos raios solares na pele podem dar origem a tumores, recomenda-se que a pele em que se notam os danos da ação do sol seja submetida para exame a um dermatologista, para que ele possa ter certeza de que não há nenhum problema grave se desenvolvendo no corpo.

Como usar o cloreto de magnésio / como praparar

Uma opção de uso do clorero de magnésio é consumi-lo para complementar o magnésio obrido pelo corpo na alimentação. Pode-se diluir o pó em água filtrada (também pode ser água mineral) para consumo. Diluem-se 30 gramas do produto em cada litro de água.

Geralmente, recomenda-se tomar doses de 50 ml dessa solução uma ou duas vezes por dia. Em casos mais intensos de deficiência de magnésio, recomenda-se o consumo diário de três ou quadro das doses de 50 ml que nós mencionamos.

O cloreto também pode ser aplicado à pele, na forma de uma solução aquosa, seja em locais atingidos por problemas dermatológicos, seja nela de modo geral, para fins de prevenção, ajudando a manter a pele saudável. É a opção mais recomendada para sanar problemas de pele específicos.

Para a aplicação do produto à pele, dissolvem-se 9 gramas desse sal em 1 litro e meio de água (a solução resultante deve ser conservada na geladeira). Um pedaço de algodão é umedecido na solução de cloreto e água e passado pela pele, nas regiões afetadas desta e em outras partes dela para que conservem aparência saudável. Depois de passar o algodão, deixa-se que a pele seque de maneira natural.

Contraindicações do uso oral do cloreto de magnésio

Embora seja um método útil e natural de favorecer a saúde do organismo, o consumo de magnésio, por exemplo, na forma de cloreto de magnésio, também apresenra algumas contraindicações que devem ser levadas em conta.

O uso oral do cloreto de magnésio que explicamos acima não pode ser feito por pessoas que sofram de diarreia (ele tende a agravar a condição; o excesso de magnésio no organismo, aliás, é uma possível causa de diarreia). O do produto também deve ser evitado por pessoas que sofrem de problemas renais, principalmente insuficiência renal.

O uso do produto ao mesmo tempo em que se está tomando antibióticos pode prejudicar os resultados do antibiótico. Por isso, é sugerido que o uso do cloreto de magnésio por via oral aconteça entre 3 ou 4 horas antes do consumo do antibiótico.

Por fim, pessoas com colite ulcerosa, um tipo de inflamação do intestino grosso que dá origem a úlceras no cólon, parte do órgão que citamos, devem também se abster do consumo do cloreto de magnésio por via oral.

Conclusão

Enfim, fornecemos algumas informações sobre os benefícios do cloreto de magnésio no tratamento de acne e de outros problemas de pele. Um dos grandes defensores do uso medicamentoso do cloreto de magnésio foi o médico francês Pierre Delbet, que escreveu um livro influente sobre o assunto. Quem quiser usar oralmente o cloreto de magnésio deve se certificar de que não faz parte de algum grupo para o qual o uso não é recomendado.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *